INFRAESTRUTURA SOCIAL

SAÚDE

Conforme levantamento realizado pelo CNI/IBOPE, 57% da população brasileira acredita que a prioridade para o governo em 2016 deva ser a necessidade de melhorar os serviços de saúde. Esse resultado se repete na pesquisa desde 2013.

Os contratos de PPP já realizados com o setor privado são casos de sucesso e englobam desde a construção de Unidades Básicas de Saúde até Hospitais de Alta Complexidade; e a operação da “Bata Cinza” até da “Bata Branca”.

EDUCAÇÃO

Apenas 0,6% das escolas brasileiras têm infraestrutura próxima da ideal para o ensino, conforme relatório da UnB/UFSC. A infraestrutura escolar obviamente tem um impacto relevante no desempenho escolar do aluno, o que se evidencia no fato de o Brasil ser 60º de 76 países em ranking de educação publicado pela OCDE.

As PPPs escolares até então contratadas englobam a construção da infraestrutura e a operação das facilities. A infraestrutura é importantíssima para criar um ambiente de trabalho propício ao ensino; e a operação das facilities pelo parceiro privado é uma alternativa interessante ao setor público, uma vez que este pode focar nas atividades estritamente pedagógicas.

HABITAÇÃO

Conforme metodologia da Fundação João Pinheiro, baseada em dados da PNAD/IBGE, o déficit habitacional no Brasil representa cerca de 5,4 milhões de habitações. O investimento necessário estimado pela FGV para reverter esse cenário é de R$ 760 bilhões até 2024. A viabilização de projetos de habitação social via PPP representam uma solução interessante em termos de custo, agilidade e qualidade no longo prazo. Além disso, a promoção de ocupações de usos mistos possibilita a captura de renda de outras atividades de negócio para o subsídio às habitações sociais, desonerando o setor público.

PENITENCIÁRIA

Conforme levantamento do G1, o Brasil tem um déficit de 244 mil vagas no sistema penitenciário, com 615.933 presos. Visto que o número de vagas no sistema brasileiro é de 371.459, o Brasil apresenta superlotação de 66%. O modelo de contrato usualmente proposto envolve a construção e manutenção por parte do parceiro privado e a operação compartilhada, na qual o setor público realiza as atividades jurisdicionais e administrativo-judiciárias e o parceiro privado a gestão administrativa interna das unidades, incluindo monitoramento interno, manutenção física dos estabelecimentos e assistência aos sentenciados.

ATENDIMENTO AO CIDADÃO

Trata-se de serviços de natureza pública que dependem de uma infraestrutura relacionada, como, por exemplo: centrais de multisserviço (solicitação de documentos, informações, etc.), terminais rodoviários, centros de comércio popular, etc.

ARENAS

As Arenas multiusos ou multipropósitos são instalações capazes de sediar os mais diversos eventos esportivos e de entretenimento de grande porte que ocorrem no país, como espetáculos culturais, shows, apresentações esportivas, exposições comerciais, seminários, congressos, rodeios, motocross, entre outros. Este setor ficou em evidência devido à renovação e a novas arenas para a Copa do Mundo Brasil 2014.

ILUMINAÇÃO PÚBLICA

A partir de 2015, a gestão dos ativos da iluminação pública passou a ser de responsabilidade municipal, conforme Resolução 414/2010. Essa medida permitiu que Municípios pudessem contratar a iniciativa privada via PPP para troca das lâmpadas de vapor convencionais por LED e para a prestação de serviços de IP. No Brasil, há potencial de investimentos de R$ 40 bilhões apenas em troca de lâmpadas tradicionais por LED, promovendo, assim, a redução nos gastos de energia elétrica – pelo menos 50% do consumo de energia elétrica – redução na frequência e no custo das intervenções no sistema – LED apresenta maior tempo de vida útil (12 anos) enquanto as lâmpadas a vapor convencionais têm vida útil de 5 anos – e redução na emissão de CO2 – LED não possui metais pesados em sua composição.

 

SANEAMENTO
SANEAMENTO
ÁGUA, ESGOTO
E RESÍDUOS
ENERGIA
ENERGIA
GERAÇÃO,
TRANSMISSÃO e
DISTRIBUIÇÃO
TRANSPORTE
TRANSPORTE
MOBILIDADE URBANA,
PORTOS, AEROPORTOS,
FERROVIAS E RODOVIAS
INFRAESTRUTURA SOCIAL
INFRAESTRUTURA SOCIAL
SAÚDE, EDUCAÇÃO,
ILUMINAÇÃO PÚBLICA, HABITAÇÃO,
ESTÁDIOS E PENITENCIÁRIAS
INVESTIMENTO PRIVADO
INVESTIMENTO PRIVADO
INVESTIMENTO EM
INDÚSTRIAS, EXPORTAÇÃO E
INTERNACIONALIZAÇÃO
ÓLEO E GÁS
ÓLEO E GÁS
REFINARIAS, FPSO E
INVESTIMENTOS NA CADEIA